Resort Hopping: explorando os resorts Disney!

Dicas da Disney – Resort Hopping

Desde os primeiros passos de seu planejamento, a Walt Disney World foi idealizada para ser o “Vacation Kingdom of the World” (Reino Mundial das Férias).

Para atingir essa meta, o plano não incluía somente parques temáticos e as atrações que cada um iria trazer, mas, também, uma série de outras atividades, desde esportes, oportunidades recreativas, passeios, compras, experiências de aprendizado, etc.

Focar somente nos parques, seja no planejamento de sua viagem, como no seu dia-a-dia na Walt Disney World, é um erro que muita, mas muita gente incorre… acabam não aproveitando uma série de experiências que existem em outros locais do complexo.

O mais interessante: muitas dessas experiências são gratuitas, ou custam muito menos que o ingresso de um parque.

Destas atividades/experiências, muitas acontecem nos diferentes hotéis que a Disney tem. Todos os resorts Disney reservam grandes surpresas, dos mais econômicos aos mais caros, vão de experiências como andar de cavalo, ou tours especiais em uma savana, como somente caminhar e curtir os detalhes de cada um deles.

Mas aí vem a pergunta que eu mais escuto:

MAS EU POSSO VISITAR OS RESORTS DISNEY NÃO SENDO UM HÓSPEDE?

Claro que sim! E a própria Disney incentiva muito isso.

Você pode visitar, tranquilamente, TODOS os resorts Disney. E eu acredito que essa é a dica da Disney que muita gente não sabe ou esquece.

Durante o ano, quando o movimento dos parques está mais alto, ou então, mais recentemente, durante os protocolos de segurança da pandemia Covid-19, existe uma restrição para quem quer estacionar nos resorts. Nesses casos, uma simples reserva para qualquer opção de alimentação, no mesmo, vai garantir o seu acesso.

Explicando: essas medidas são tomadas, para evitar que pessoas estacionem no resort e passem o dia em um dos parques. Existem, também, outros controles para evitar isso.

Mas, independente da época, você sempre poderá visitar o resort se estiver acessando via um dos transportes Disney: monorail, resort launches (barcos), skyliner (teleférico) e ônibus.

Mas agora, quero destacar diferentes resorts e a oportunidade de experiências em alguns deles…

Na região do MAGIC KINGDOM…

Uma das grandes comodidades para explorar os resorts do Magic Kingdom é que, para três deles, você pode utilizar o monorail como meio principal para a sua visita – seja saindo do Magic Kingdom, como do TIcket & Transportation Center ou mesmo partindo de um dos hotéis do seu loop. Além do monorail, existem diversos “launches”, ou seja, barcos menores que fazem a ligação entre o parque e os resorts.

Nos diferentes resorts, eu vou destacar como você pode chegar.

Disney’s Grand Floridian Resort and Spa

Um resort especial e é um dos meus favoritos, está no topo da lista dos hotéis de luxo na Disney. Esse hotel tem como inspiração, os grandes hotéis que foram erguidos na costa leste da Flórida, no final do século XIX e no início do século XX. Segue as construções no estilo vitoriano e usou, como referência, o Hotel Del Coronado na baía de San Diego, Califórnia.

Você pode chegar no Disney’s Grand Floridian de várias formas:

  • Caminhando do Magic Kingdom, usando o caminho com a nova ponte, que toma algo entre 15 e 20 minutos e é muito agradável.
  • Usando o monorail – é só buscar a linha “Resort Monorail”.
  • Embarcando em um “Resort Launch”, barquinho, que fica junto ao setor de entrada do Magic Kingdom.
  • Pegando um ônibus do resort, tanto no Disney Springs, como no Epcot, Disney’s Hollywood Studio, Disney’s Animal Kingdom, Disney’s Typhoon Lagoon e Disney’s Blizzard Beach.
  • Ou de carro mesmo.
 

O que fazer no Disney’s Grand Floridian?

Aqui, você precisa dedicar um tempo para passear no exuberante átrio do prédio principal, onde você pode caminhar em dois níveis diferentes, curtir as apresentações esporádicas de um pianista, ou simplesmente sentar em um dos sofás e curtir o ambiente.

Esse local fica muito especial durante o Natal: não só pela linda árvore que aqui é instalada, como também pela casa de pão-de-gengibre em tamanho real e pelos corais de crianças que normalmente se apresentam, nessa época, aos finais de tarde.

O Disney’s Grand Floridian também é o local de excelentes restaurantes, como o exclusivíssimo Victoria & Alberts, o Cítricos, o Narcoossee’s, mas, para um passeio mais descompromissado, recomendo o Grand Floridian Cafe (table service) ou a conveniência do Gasparilla Island Grill (quick service). Aqui você também tem a opção de uma refeição com personagens, no 1900 Park Fare. E se você prefere um momento para um happy hour, curtindo o ambiente e uma variedade incrível de coquetéis, o lounge Enchanted Rose é fantástico.

O Disney’s Grand Floridian tem um excelente spa e, mesmo não sendo hóspede, você pode buscar uma reserva de algum dos tratamentos – para mais informações, clique na frase a seguir:  Dicas da Disney-Spa.

Não deixe de assistir a um vídeo contemplativo do perfil parceiro Here With the Magic, que capta algumas imagens do Disney’s Grand Floridian, é só clicar AQUI.

 

Ponto Orlando Dicas da Disney DGFR 001

Disney’s Grand Floridian Resort

Disney’s Polynesian Village Resort

Um dos dois resorts que abriram suas portas junto com a Walt Disney World em outubro de 1970. O tema aqui são as ilhas do Pacífico Sul, com trilhas iluminadas com tochas “tiki”, praias no Seven Seas Lagoon, lindas vistas do Magic Kingdom e uma atmosfera muito relaxada e divertida.

Você pode chegar no Disney’s Polynesian Village Resort de várias formas:

  • Caminhando do Magic Kingdom, passando pelo Disney’s Grand Floridian, e seguindo para o resort – essa é uma caminhada mais longa, de uns 35 minutos.
  • Usando o monorail – é só buscar a linha “Resort Monorail”.
  • Embarcando em um “Resort Launch”, barquinho, que fica junto ao setor de entrada do Magic Kingdom.
  • Pegando um ônibus do resort, tanto no Disney Springs, como no Epcot, Disney’s Hollywood Studio, Disney’s Animal Kingdom, Disney’s Typhoon Lagoon e Disney’s Blizzard Beach.
  • Carro.

 

O que fazer no Disney’s Polynesian Village Resort?

Esse é um resort que convida você a passear por seus caminhos entre as diferentes alas de quartos, passando pelas praias do lago e marinas. O mais interessante do “Poly”, é o seu clima descontraído e divertido – este resort sempre eleva o espírito de quem o visita.

Aqui você encontra opções fantásticas de restaurantes: o divertidíssimo ‘Ohana, onde, em tempos normais, para o café-da-manhã, você vai ser recebido(a) pela Lilo e o Stitch, ou pode jantar curtindo deliciosos grelhados. Outro restaurante especial, o Kona Café, com uma excelente cozinha fusion asiática, havaiana e americana. Para quem busca um happy hour, o Trader Sam’s é um dos mais famosos na Disney e o Tambu Lounge é outra opção especial, com suas “ribs” (costelinha de porco) fantásticas.

Em épocas normais, é aqui no Disney’s Polynesian Village que você pode assistir ao jantar/show Disney’s Spirit of Aloha, um divertidíssimo luau, com apresentações de danças folclóricas e números musicais.

Não deixe de assistir a um vídeo contemplativo do perfil parceiro Here With the Magic, que capta algumas imagens do Disney’s Polynesian Village Resort, é só clicar AQUI.

 

Dicas da Disney Ponto Orlando Poly 001

Disney’s Polynesian Village

Disney’s Contemporary Resort

Icônico, moderno e exuberante, o Disney’s Contemporary Resort também foi inaugurado junto com a Walt Disney World. Muito conhecido, pois é por dentro dele que o monorail passa. Esse é um resort especial por sua história, por sua arquitetura e por conta das atrações que ele acomoda.

Você pode chegar no Disney’s Contemporary Resort de várias formas:

  • Caminhando do Magic Kingdom, algo menos do que 10 minutos.
  • Usando o monorail – é só buscar a linha “Resort Monorail”.
  • Pegando um ônibus do resort, tanto no Disney Springs, como no Epcot, Disney’s Hollywood Studio, Disney’s Animal Kingdom, Disney’s Typhoon Lagoon e Disney’s Blizzard Beach.
  • Carro.

 

O que fazer no Disney’s Contemporary Resort?

O “Contempo” é um lugar fantástico para ser explorado. Sua arquitetura é magnífica e é sempre especial estar dentro do “canyon”, o átrio interno, curtindo a passagem dos monorails. Um destaque importante: não deixe de gastar um tempo curtindo os imensos murais / mosaicos de autoria de Mary Blair, uma animadora/imagineer responsável por trabalhos como It’s a Smal World e inúmeras animações. Ele também possui terraços especiais, com vistas diretas para o Magic Kingdom e uma linda marina com vistas para o Bay Lake.

É aqui que você vai encontrar o Chef’s Mickey, o meu restaurante favorito para refeição com personagens. No topo do Contemporary fica o California Grill, um excelente restaurante com um cardápio fusion (asiático/americano), um lugar muito especial para você curtir os shows noturnos do Magic Kingdom.

Não deixe de assistir a um vídeo contemplativo do perfil parceiro Here With the Magic, que capta algumas imagens da área da marina do Disney’s Contemporary Resort, é só clicar AQUI.

 

Dicas da Disney Ponto Orlando Contempo 001

Disney’s Contemporary Resort

Disney’s Wilderness Lodge

Preciso destacar uma total parcialidade: esse é o meu resort Disney favorito, seja como opção de hospedagem ou como passeio. É um lugar muito especial, desenhado pelo arquiteto Peter Dominick, rendendo homenagem aos lodges dos grandes parques nacionais do noroeste americano. É rústico e aconchegante, com muitos detalhes, seja nos entalhes de madeira, totens, artefatos indígenas e todos os detalhes que você pode desvendar por toda a propriedade.

Você pode chegar no Disney’s Wilderness Lodge Resort de várias formas:

  • Embarcando em um “Resort Launch”, barquinho, que fica junto ao setor de entrada do Magic Kingdom.
  • Pegando um ônibus do resort, tanto no Disney Springs, como no Magic Kingdom, Epcot, Disney’s Hollywood Studio, Disney’s Animal Kingdom, Disney’s Typhoon Lagoon e Disney’s Blizzard Beach.
  • Carro.

 

O que fazer no Disney’s Wilderness Lodge?

A riqueza de detalhes e o clima acolhedor desse resort, irão convidar você a caminhar bastante, seja na parte interna – com um átrio magnífico – como pela parte externa, que além de uma área da piscina muito bonita, também tem toda a orla do Bay Lake.

Não deixe de curtir uma das erupções do Fire Rock Geyser, que acontece no topo de cada hora. Bem próximo ao gêiser, com lindas vistas para o Bay Lake, fica o Geyser Point, um dos meus lounges/bares favoritos na Disney – é bem informal e  tranquilo, mas serve um dos melhores hambúrgueres que já experimentei.

Junto ao Wilderness Lodge – praticamente colado – fica uma ala do Disney Vacation Club, chamada Bolder Ridge Villas. Lá, no andar térreo, fica uma sala chamada, The Carolwood Pacific Room – que é algo como uma sala de leitura – nessa sala você encontra um objeto pessoal de Walt Disney: um dos vagões de sua locomotiva Carolwood Pacific, que o inspirou muito a construir a Disneyland.

Você pode chegar no Disney’s Wilderness Lodge Resort de várias formas:

  • Embarcando em um “Resort Launch”, barquinho, que fica junto ao setor de entrada do Magic Kingdom.
  • Pegando um ônibus do resort, tanto no Disney Springs, como no Magic Kingdom, Epcot, Disney’s Hollywood Studio, Disney’s Animal Kingdom, Disney’s Typhoon Lagoon e Disney’s Blizzard Beach.
  • Carro.

Não deixe de assistir a um vídeo contemplativo do perfil parceiro Here With the Magic, que capta algumas imagens do Disney’s Wilderness Lodge, é só clicar AQUI.

 

Dicas da Disney Ponto Orlando DWL001

Disney’s Wilderness Lodge

Disney’s Fort Wilderness Campground

Eu estou preparando um post totalmente dedicado ao Fort Wilderness, e logo logo irei deixar um link aqui.

Na região do Epcot…

Quando penso nas oportunidades de explorar os resorts próximos ao Epcot, não posso deixar de destacar a importância de algo que muita gente passa e não nota: o International Gateway. Esse é um portão de acesso ao parque, que fica entre o pavilhão francês e o Reino Unido, no World Showcase do Epcot. E é por esse portão que é feita a ligação com o Crescent Lake, o Disney’s Boardwalk e os diversos resorts da região… na verdade, você pode ir andando até o Disney’s Hollywood Studios via essas ligações ou usando a conveniência dos Friendship Boats, os barcos que circulam no Epcot.

Dicas da Disney Ponto Orlando EIG001

Epcot’s International Gateway

Disney’s Boardwalk Inn

Esse é um resort enorme, que tem quartos maiores, muito utilizado pelo pessoal do Disney Vacation Club. Na parte interna, o mais interessante está no seu lindo lobby – com detalhes que vão desde os móveis, até os quadros de castelos.

Mas o destaque aqui é o “quintal” do hotel: o Disney’s Boardwalk, uma área com restaurantes, lojas, bares e atrações de ruas. O Disney’s Boardwalk tem um post específico, que pode ser acessado clicando na freaste a seguir:  Dicas da Disney – Boardwalk.

Você pode chegar no Disney’s Boardwalk Inn de várias formas:

  • Carro.
  • Caminhada do World Showcase do Epcot: 15 min.
  • Caminhada do Disney’s Hollywood Studios: 25 min.
  • Friendship Boats, tanto do Disney’s Hollywood Studios como do International Gateway do Epcot.
  • Pegando um ônibus do resort, tanto no Disney Springs, como no Magic Kingdom, Epcot, Disney’s Hollywood Studio, Disney’s Animal Kingdom, Disney’s Typhoon Lagoon e Disney’s Blizzard Beach.

 

Dicas da Disney Ponto Orlando DBI001

Disney’s Boardwalk Inn

Disney’s Yacht & Beach Club Resorts

Acabei juntando esses dois resorts de luxo, pois estão colados e dividem muitas das atrações… mas são distintos, inclusive na decoração e estilo.

Os resorts tem o seu “quintal” como grande atração: tanto pela orla do Crescent Lake, um dos cenários mais bonitos da Walt Disney World, como também a fantástica piscina Stormalong Bay, com seu fundo de areia, baías e pontes (lembrando que as piscinas são de uso exclusivo dos hóspedes).

Os resorts dividem alguns restaurantes especiais, destacando: a Yachtsman Steakhouse, para quem curte carnes e grelhados e a sorveteria/quick service Beaches & Cream Soda Shop.

Você pode chegar no Disney’s Yacht & Beach Club Resorts  Inn de várias formas:

  • Carro.
  • Caminhada do World Showcase do Epcot: 10 min.
  • Caminhada do Disney’s Hollywood Studios: 25 min.
  • Friendship Boats, tanto do Disney’s Hollywood Studios como do International Gateway do Epcot.
  • Pegando um ônibus do resort, tanto no Disney Springs, como no Magic Kingdom, Epcot, Disney’s Hollywood Studio, Disney’s Animal Kingdom, Disney’s Typhoon Lagoon e Disney’s Blizzard Beach.

Existem outros hotéis na região, o Dolphin e o Swan, que também são muito especiais. Mas vou me concentrar em opções que são de propriedade da Disney.

O perfil amigo e parceiro, Here With The Magic, fez um belo video contemplativo do resort, para assistir clique AQUI.

 

Dicas da Disney Ponto Orlando DYBCR001

Área externa, junto ao Crescent Lake, do Disney’s Yacht & Beach Club Resorts

Resorts atendidos pelo DISNEY SKYLINER…

O sistema de teleféricos, Disney Skyliner, pode ligar (indiretamente) o Epcot ao Disney’s Hollywood Studios… Eu coloquei indiretamente, porque é composto por linhas intermediárias que passam por quatro resorts. Você pode sair, tanto do Epcot (no portão da International Gateway), como do Disney’s Hollywood Studios, ou até mesmo optar por usar um dos resorts da linha como base.  Seja qual for seu roteiro, o passeio no Skyliner já é uma experiência especial e imperdível!

 

Dicas da Disney Ponto Orlando Skyliner001

Disney Skyliner

Disney’s Riviera Resort

Esse é o mais recente dos resorts da Disney e é uma das propriedades do programa Disney Vacation Club. O Riviera tem como tema principal a paixão de Walt Disney por suas viagens e experiências na Riviera francesa e italiana.

Eu passei a curtir este resort aos poucos… o passeio nele é sempre agradável, mas não é um lugar que você vai gastar muito tempo. Caminhar na orla do lago e na parte da piscina são sugestões de experiências… mas a melhor: um jantar no TOPOLINO’S TERRACE, restaurante que fica no topo do resort. Apesar de contar com um excelente café-da-manhã com personagens, é no jantar que o restaurante que se revela um dos melhores da Disneyworld – e com vistas fantásticas.

Como chegar no Disney’s Riviera Resort:

  • Carro.
  • Via o Disney’s Skyliner.
  • Pegando um ônibus do resort, tanto no Disney Springs, como no Magic Kingdom, Epcot, Disney’s Hollywood Studio, Disney’s Animal Kingdom, Disney’s Typhoon Lagoon e Disney’s Blizzard Beach.

 

Dicas da Disney Ponto Orlando DRR001

Vista do restaurante Topolino’s no Disney’s Riviera Resort.

Disney’s Caribbean Beach Resort

O Caribbean Beach foi o primeiro resort, criado pela Disney, na categoria moderada de preços. Passou por algumas reformas e com a adição do Disney Skyliner, como também a proximidade com o Disney’s Riviera, a experiência aqui ficou muito agradável.

É, fundamentalmente, um resort para você caminhar, curtir as vistas do lago, passear pelas diferentes alas, etc. Existem confortáveis cadeiras, para curtir o pôr-do-sol, ao lado do Old Port Royale, a sede principal do resort… aqui também você pode curtir um drink no Banana Cabana ou mesmo, conhecer a culinária caribenha/floridiana do Sebastian’s Bistro.

Como chegar no Disney’s Caribbean Beach Resort:

  • Carro.
  • Via o Disney’s Skyliner.
  • Pegando um ônibus do resort, tanto no Disney Springs, como no Magic Kingdom, Epcot, Disney’s Hollywood Studio, Disney’s Animal Kingdom, Disney’s Typhoon Lagoon e Disney’s Blizzard Beach.

 

Hotel na Disney CarBeach001

Disney’s Caribbean Beach Resort

Disney’s Art Of Animation Resort

Este resort fica no final de uma das linhas do Skyliner, que “sobrevoa” o Hourglass Lake, talvez um dos trechos mais bonitos do sistema de teleféricos.

O Disney’s Art of Animation, como o nome sugere, tem como tema a arte de animação. Aqui, o melhor passeio é explorar as 4 diferentes alas do resort: Cars, Finding Nemo, Lion King e Little Mermaid. Todas essas alas com esculturas, cenários e surpresas.

Se a fome apertar, o resort tem uma praça de alimentação, a Landscape of Flavors.

Outro lugar que vale a pena visitar: o lobby do resort, com seus painéis de esboços de animações clássicas.

Como chegar no Disney’s Art of Animation Resort:

  • Carro.
  • Caminhando do Disney’s Pop Century Resort.
  • Via o Disney’s Skyliner.
  • Pegando um ônibus do resort, tanto no Disney Springs, como no Magic Kingdom, Epcot, Disney’s Hollywood Studio, Disney’s Animal Kingdom, Disney’s Typhoon Lagoon e Disney’s Blizzard Beach.

 

Resort Hopping ARTANIM001

Lobby do Disney’s Art of Animation

Apesar de ser um resort muito interessante e uma excelente opção de hospedagem, eu não vou incluir o Disney’s Pop Century Resort na lista – mas tenho um post específico dele, clicando AQUI.

Resorts na região do Disney’s Animal Kingdom…

Apesar de não contar com um sistema de transportes que não se baseie, exclusivamente, nos ônibus, os resorts dessa região são muito especiais e merecem ser destacados:

Disney’s Animal Kingdom Lodge

É um resort imponente e único. Seu estilo arquitetônico é rústico e impressionante. O designer responsável, Peter Dominick, também nos trouxe o Disney’s Wilderness Lodge.

O design e o clima exótico daqui tornam essa uma experiência muito especial. Mas existe uma atração única, que todos deveriam conhecer: uma “savana” particular, com diversos animais da fauna africana, que você pode visitar gratuitamente ou, se preferir, optar por um tour (pago) especial.

Outra experiência interessante aqui neste resort: a gastronomia. O lodge oferece opções fantásticas de restaurantes, como o Jiko’s (table service) ou o lounge Sanaa.

Como chegar no Disney’s Animal Kingdom Lodge:

  • Carro.
  • Pegando um ônibus do resort, tanto no Disney Springs, como no Magic Kingdom, Epcot, Disney’s Hollywood Studio, Disney’s Animal Kingdom, Disney’s Typhoon Lagoon e Disney’s Blizzard Beach.

O perfil amigo e parceiro, Here With The Magic, fez um belo video contemplativo do resort, para assistir clique AQUI.

 

Visitando Resorts AKL001

Área externa do Disney’s Animal Kingdom Lodge.

Disney’s Coronado Springs Resort

Resort da categoria moderada, que sofreu uma grande reforma, com a inclusão de uma nova torre, a Gran Destino,  e que alterou fundamentalmente (e para melhor) a experiência aqui – mesmo para quem somente está visitando.

A nova torre, seu lobby, sua arquitetura, com seu rooftop acomodando duas excelentes opções: o restaurante espanhol Toledo e o bar/lounge Dahlia – é, para mim, um passeio imperdível.

Além disso, é um resort muito agradável para você caminhar – ele tem um lago central, que fica muito agradável durante os finais de tarde. Outro destaque importante: no meio desse lago, existe um bar/restaurante que eu recomendo muito: o Three Bridges at Villa Del Lago.

Como chegar no Disney’s Coronado Springs Resort:

  • Carro.
  • Pegando um ônibus do resort, tanto no Disney Springs, como no Magic Kingdom, Epcot, Disney’s Hollywood Studio, Disney’s Animal Kingdom, Disney’s Typhoon Lagoon e Disney’s Blizzard Beach.

Não deixe de assistir a um vídeo contemplativo do perfil parceiro Here With the Magic, que capta algumas imagens do Disney’s Coronado Springs Resort, é só clicar AQUI.

 

Curtindo a Disney CORO001

Gran Destino Tower no Disney’s Coronado Springs.

Os três resorts que compõem o Disney’s All Star, não estão nessa lista, apesar de serem dessa região. São interessantes opções para quem quer se hospedar, mas não vejo como destacar uma simples experiência de visita.

Resorts na região do Disney Springs…

O Disney Springs é considerado por muitos, inclusive eu, como o quinto parque da Disney em Orlando. Sim, é uma área basicamente comercial, mas tem um charme e um número de atrações que o elevam a uma experiência de parque.

Alguns resorts estão bem próximos a ele, inclusive com a facilidade de você caminhar até ele, como é o caso do Disney’s Saratoga Springs Resort & Spa. Mas, para o efeito desse artigo, irei destacar outras duas opções, que se ligam ao Disney Springs por meio de barcos.

Disney’s Port Orleans – French Quarter e Disney’s Port Orleans – Riverside

Resorts da categoria moderada, muito simpáticos e com acesso conveniente ao Disney Springs via um sistema de barcos.

São dois resorts distintos, mas com o mesmo tema principal – o Sul dos Estados Unidos. O French Quarter retrata o quarteirão francês e a cultura de Nova Orleans. Já o Riverside, retrata o lado rural, clássico e antigo, dos estados do Sul dos Estados Unidos.

Ambos são muito agradáveis para você caminhar – inclusive com trilhas que se conectam -e cheios de detalhes para serem explorados.

Os prédios principais de ambos são muito simpáticos e bonitos – principalmente o do French Quarter.

Como destaque: o simpático Scat Cat Club’s Café, um café/lanchonete onde você pode apreciar Mickey Beignets… beignets são como os “sonhos” no Brasil, uma massa frita com o miolo de massa mole – não tão doces como os nossos.

Como chegar nos dois Disney’s Port Orleans?:

  • Carro.
  • Pegando um ônibus do resort, tanto no Disney Springs, como no Magic Kingdom, Epcot, Disney’s Hollywood Studio, Disney’s Animal Kingdom, Disney’s Typhoon Lagoon e Disney’s Blizzard Beach.

O perfil amigo/parceiro Here With The Magic, fez alguns videos contemplativos dos dois resorts:

  • Para o vídeo do French Quarter, clique AQUI.
  • Para o vídeo do Riverside, clique AQUI.

 

Resort Hopping French Quarter 01

Lobby do Disney’s Port Orleans – French Quarter.

CONCLUSÃO

Não limite sua experiência somente aos parques, o complexo Disney possui resorts incríveis, cheios de atrações, história e detalhes que valem muito a pena serem descobertos. Sim, você pode visitá-los e eles devem ser parte integrante do planejamento de sua viagem, mesmo que você esteja hospedado em outro local. Essa é uma das maiores e mais esquecidas dicas da Disney.

INSPIRAÇÃO

Esse artigo foi inspirado e influenciado por um dos segmentos do show/live After Hours – Let’s Talk Disney, que é apresentado semanalmente, quinta-feiras, às 9PM do horário americano (EST). Nesse programa, participo eu (Carlos Eduardo Silva) e os parceiros, Jason Canapp (www.herewiththemagic.com) e Collin Kendall (www.guide4wdw.com).

Para assistir ao programa na sua íntegra, clique AQUI. Para o segmento específico (TOP 3) clique AQUI.

Também, o parceiro Collin Kendall, em seu blog Guide4WDW, escreveu um artigo muito interessante, que você pode ler clicando AQUI.

Dicas da Disney – Resort Hopping

Comments

Leave a comment