O que esperar da Walt Disney World em 2021?

Por Collin Kendall – Dezembro de 2020

Olá, eu sou Collin Kendall, tenho um blog/website, Guide4WDW, sou fotógrafo e participo, junto com o Carlos Eduardo (Ponto Orlando) e o Jason Canapp (Here With the Magic) do programa After Hours – Let’s Talk Disney.

Os amigos e amigas que já visitaram o meu site ou já leram o que compartilho, sabem que eu não gosto de especular e não costumo invocar informações privilegiadas ou conhecimento oculto dos parques. No entanto, estou abrindo uma exceção neste artigo porque acredito que é importante pensar sobre o que poderia acontecer a partir do início de 2021 (isso por si só já é meio louco).

Nós, amantes do universo Disney, durante esse ano, fomos forçados a ser especulativos. Mas, ao mesmo tempo, existe uma grande diferença entre discutir especulações e distribuir desinformação. O que eu pretendo fazer com esse post: compartilhar meus pensamentos e opiniões, puros e genuínos. Nada mais do que meus pensamentos.

O motivo de estar escrevendo esses parágrafos? Dois grandes amigos começaram a me fazer perguntas sobre próximas viagens – e eu percebi que havia muita coisa ainda desconhecida ou não tão clara para todos que estão pensando em viajar para a Disney em 2021… seja para quem já foi ou seja para quem está indo pela primeira vez.

Sendo 100% honesto: posso estar errando feio, em muitos desses pontos…, mas estou usando um pouco da experiência de mais de 5 anos observando os parques praticamente diariamente… além de mais de 20 anos de visitas regulares. Sendo assim, isso é o que estou prevendo e por que…

Foto por Collin Kendall

Como serão os crescimentos de capacidade e das multidões, na Walt Disney World, em 2021?

 É importante destacar que, na realidade, os dias vazios na Disney estão praticamente acabados. Embora o número de visitantes que estamos vendo, nesta semana de Natal, seja mais ou menos parecido com o de um dia normal, isso está muito longe do que víamos em julho e agosto, quando os parques estavam bem vazios. Atualmente, entrar em uma atração sem fila é algo praticamente inexistente – com poucas exceções no início da manhã ou próximo do horário de encerramento – mas, como regra geral, espere filas entre 25 e 60 minutos, em média.

 Por outro lado, muitos dos “tempos de espera” publicados são, na verdade, inflados em comparação com o tempo que você realmente vai acabar esperando. Na minha opinião, eu diria que o tempo real de espera é cerca de 20% menor do que o tempo postado em média.

 Mas voltando à pergunta original: não prevejo multidões aumentando substancialmente nos parques até por volta de MARÇO, quando o Spring Break (férias de primavera americanas) pode trazer alguns visitantes extras. Na minha previsão, acho que janeiro e fevereiro ficarão razoavelmente normais em comparação com o que vemos nos parques na época do Natal 2020.

 A Disney tem aumentado suas operações lentamente e você perceberá algumas coisas acontecendo aos poucos, como a reabertura de restaurantes, atrações disponibilizando mais assentos em seus veículos e um aumento constante na disponibilidade de reservas de passes para os parques. Meu palpite é que não vai acontecer de uma vez.

Foto por Collin Kendall

Começando o ano novo – como será janeiro de 2021?

 Meu palpite é que janeiro de 2021 provavelmente será muito semelhante a dezembro de 2020. Algumas pessoas podem se surpreender com isso, visto que o final de janeiro e fevereiro são meses com movimento mais baixo. No entanto, se pensarmos nessa época do ano passado, foram meses bem cheios – eles estavam incrivelmente lotados a um nível que muitos não esperavam. Como resultado, embora os níveis de multidão possam não aumentar, aposto que eles também não diminuirão. A Disney ainda estará operando com a capacidade reduzida. A menos que essa capacidade seja aumentada drasticamente ou algo estranho aconteça com esta situação global, acho que é uma aposta segura.

 Além disso, depois de falar com alguns agentes de viagens, parece que muitas pessoas adiaram suas férias de outono / Natal para o início de 2021 na esperança de que muito disso já tivesse passado. Com a confiança em viagens talvez no nível mais alto desde março (mesmo que não seja uma coisa boa), duvido muito que veremos uma queda no número de visitantes no início de 2021.

Foto por Collin Kendall

Haverá uma promoção de refeição grátis (Free Dining) em 2021? – Porque eu acho que é provável…ou não…

 Eu tenho pensamentos divergentes quanto a isso… É muito provável que, ao final de 2021, se alcançarmos um certo senso de normalidade já no meio do ano, a Disney estará buscando, com todas as salvaguardas de segurança, o maior número possível de visitantes no mais curto espaço de tempo. Uma oferta de “refeição grátis” é a melhor maneira de fazer isso sem perder muita margem.

 Mas é importante você estar atento(a) que nem sempre as ofertas de “refeição grátis” da Disney, na verdade, são tão boas assim… Muitas vezes, é melhor você optar por uma promoção de hospedagem nos resorts, quando disponíveis, e adicionar a opção “free dining” … experimente isso na sua próxima cotação – você poderá se surpreender com o resultado final!

 Além disso, é importante entender que esse tipo de promoção depende, inteiramente, da capacidade dos restaurantes estarem abertos e com capacidade suficiente para atender um aumento de demanda. No momento, a WDW terá que abrir mais restaurantes para que isso aconteça de forma eficaz, sem gerar o inconveniente de você não conseguir as reservas nos restaurantes de sua preferência.

 Outro ponto importante: o Disney Dining Plan precisa retornar para que as promoções “Free Dining” aconteçam… se retornar.

Foto por Collin Kendall

Por que acho que os descontos na Walt Disney World vão ser bem comuns…

 Você pode me cobrar mais tarde…, mas acredito que este pode ser um ano de grandes descontos na Walt Disney World – especialmente se uma retomada de confiança nas viagens for um processo não tão imediato. Já estamos vendo descontos de até 40% para portadores de passe anual até a primavera de 2021.

 Mas, por outro lado, pois sempre existe o advogado do diabo, se o movimento retornar de forma muito rápida, existe uma chance de tudo voltar aos preços anteriores. É possível? Sim! É provável? Acho que não… muita gente está enfrentando dificuldades financeiras, por conta dos efeitos da pandemia na economia, e um certo tempo de recuperação será exigido. Uma viagem para a Walt Disney World, provavelmente, não estará no orçamento inicial.

 Não esqueça: a Disney estará atenta ao princípio de oferta e procura… se houver um crescimento rápido do movimento, eles irão se esforçar para conseguir cada dólar disponível que puder. Se eles estão preenchendo ou atingindo sua capacidade, não faz sentido oferecer descontos. Na verdade, há um incentivo para aumentar os preços em vez de diminuí-los para reduzir a demanda e aumentar a receita. Por mais antipático que isso possa ser

Foto por Collin Kendall

Qual deve ser a duração de suas férias na Disney?

 Minha resposta, adaptada para o visitante brasileiro, seria de 7 a 10 dias. Não acho que isso vá mudar em 2021, mas devemos lembrar que existem menos coisas abertas, então, teoricamente, você não precisará de tanto tempo como de costume para fazer a mesma quantidade de coisas que normalmente faria.

 

Qual a melhor época para visitar a Disney World em 2021?

 Para quem me faz essa pergunta nos dias de hoje, minha resposta sincera é: ao menos que você já tenha visitado a Disney várias vezes, eu esperaria até o final de JUNHO para marcar sua viagem. Existe uma lógica simples nessa resposta: a experiência Disney, como um todo, está melhorando dia a dia, de forma gradual. Além, é claro, de outras questões de ordem macro que estão ocorrendo (decisões de saúde pública, governo, etc.).

 Janeiro e fevereiro deverão manter a situação que estamos vivendo atualmente (dezembro), março/abril e maio serão um pouco difíceis ainda. Sendo assim, pense em fazer suas reservas a partir do verão (aqui no hemisfério norte) para frente. Essa é a linha do tempo mais realista para algum senso de normalidade nos parques, na minha opinião.

 Eu sei que se a Disney está lendo isso não é a resposta que eles querem ouvir, mas é a verdade. Não me interpretem mal, a experiência atual é ótima. Mas se você está planejando uma viagem que você está esperando muito, ou essa seria a sua primeira vez nos parques, acredito que a experiência atual não seria aquilo que eu desejaria para você. Não importa o quanto a Disney esteja trabalhando para tornar a experiência o mais incrível possível – e eles estão dando um show- melhores oportunidades estão em um futuro próximo. Essa é a resposta mais realista.

Foto por Collin Kendall

Quais são minhas dicas especiais para viagens em 2021?

 Três coisas são importantes que devem ser observadas…

 NÃO FAÇA RESERVAS QUE NÃO POSSAM SER CANCELADAS OU MODIFICADAS! 

Não reserve nada que não possa ser cancelado ou deslocado no tempo. Esteja muito ciente de taxas de remarcação ou de ficar preso a um depósito que uma empresa/prestador de serviço não promete devolver. Algumas empresas seguram os depósitos e prometem créditos na próxima reserva – se possível, não deixe isso acontecer

 Sites de viagens são famosos por esse tipo de pegadinha: eles anunciam um desconto enorme e você não nota que logo em seguida vem uma cláusula de não cancelamento. O cenário está mudando rapidamente, não seja pego por esse tipo de oferta – você precisa dar preferência para quem deixa você adaptar seu roteiro no caso de alguma necessidade.

SEJA FLEXÍVEL!

 Seja no planejamento de sua viagem para Disney, ou para qualquer outro destino, flexibilidade é a palavra-chave!

Tudo está mudando, o tempo todo, a cada dia… a Disney testando novos procedimentos… muita gente aprendendo a viver em um ambiente diferente… Seja flexível e, também, seja tolerante. Lembre-se que o cast member que você for interagir é uma pessoa feliz por ter um emprego depois que a empresa cortou tantos cargos.

 A moral como um todo é uma coisa difícil para qualquer empregador agora e para a Disney certamente não é exceção. O que muitos não percebem: existe uma pressão enorme não somente nos cast members, como também em todos os executivos cuidando das operações dos parques. Um erro de decisão e isso será estampado em manchetes de jornais e tudo será utilizado contra a empresa. Infelizmente, essa é a realidade da situação. Então, quando algo errado acontecer com sua experiência, não deixe de manifestar a sua frustração, mas também não deixe de ser gentil com o cast member… eles estão na linha de frente, de muita coisa que eles não podem controlar – e são aqueles que fico muito feliz de chamar de amigos. 

ADMINISTRAR EXPECTATIVAS!

 Por último, mas não menos importante, administre suas expectativas. Leve em conta que, não importa o quão especial a Disney seja, ela também é uma empresa com despesas e que precisa gerar lucro no final do dia. Não entre na Disney esperando que as coisas sejam exatamente como eram. É bem fácil ocorrer uma decepção quando percebemos isso … o valor da nova experiência depende de você acomodar as expectativas do que você vai encontrar por lá.

Foto por Collin Kendall

Para concluir…

Como gosto de dizer, preocupar-se com as pessoas é importante, e não há melhor exemplo do que passar tempo com aqueles de quem você mais gosta na Walt Disney World e nos parques Disney. As pessoas tornam nossos sonhos e melhores memórias da vida uma realidade. Nada pode mudar isso.

Collin Kendal, autor e fotógrafo dedicado aos parques Disney. Autor do livro “The Adventurer’s Guide To Walt Disney World” (para comprar, clique AQUI). Também tem um blog, GUIDE4WDW, que você pode conhecer clicando AQUI. E um excelente fotógrafo – você pode conhecer o trabalho dele clicando AQUI.

Além disso, o Collin é meu amigo e parceiro no programa AFTER HOURS – LET’S TALK DISNEY, exibido ao vivo, todas as quintas-feiras, em nossa página do FACEBOOK ou em nosso canal no YOUTUBE.

0 Comments

Trackbacks/Pingbacks

  1. Pingback by Será que viajo para Flórida em 2021? - Ponto Orlando | Viagem para Disney - Ponto Orlando | Viagem para Disney

    […] Antes de escrever um monte de coisas, prefiro indicar o post escrito pelo meu amigo e parceiro Collin Kendall…

Leave a comment